Brasil Pro Cycling Team

Brasil Pro Cycling

Jovens passam por período de avaliação e treinamento junto com a equipe

Seis jovens ciclistas brasileiros participaram, nesta semana, de um período de treinamento e avaliação, realizado pela equipe Funvic, de São José dos Campos.

A ação faz parte do Brasil Pro Cycling, projeto criado no final do ano passado e que tem como um dos objetivos, descobrir jovens talentos da modalidade. “Estamos de olho nos jovens que estão despontando pelo Brasil. Contando com ajuda de seus técnicos, conseguimos selecionar aqueles que já mostram um algo a mais e assim poderemos dar apoio, tanto financeiro como em estrutura, para que eles se desenvolvam e mostrem todo o seu potencial”, destaca Benedito Tadeu, o Kid, diretor da equipe de São José dos Campos.

Visita à Fundação Universitária Vida Cristã. (Foto: Divulgação)

Visita à Fundação Universitária Vida Cristã. (Foto: Divulgação)

Raphael Pires, Victor Ranghetti, Lincoln do Vale Silva, Breno Morais Santos, Vinícius Woitke e Kelvin, tiveram uma semana com várias atividades. Primeiro, conheceram as instalações da Fundação Universitária Vida Cristã (FUNVIC), instituição educacional, com sede em Pindamonhangaba (SP), que acompanha a equipe desde sua criação. Na oportunidade, os jovens foram recebidos pelo presidente, professor Luis Otávio Palhari e por seu vice-presidente, professor Juliano Palhari, além de professores da universidade.

Jovens durante avaliação com o nutricionalista Breno Sidotti. (Foto: Luis Claudio Antunes/PortalR3)

Jovens durante avaliação com o nutricionalista Breno Sidotti. (Foto: Luis Claudio Antunes/PortalR3)

Acomodados no alojamento da equipe, que também fica em Pindamonhangaba, os jovens puderam conhecer um pouco da estrutura da equipe. Durante o período, passaram por uma avaliação com o nutricionista da equipe, Breno Sidotti e receberam sessões de massagem e afins, ministrado pelo fisioterapeuta José Rone “Grande”.

Sessão de massagem. (Foto: Divulgação)

Sessão de massagem. (Foto: Divulgação)

Na quinta-feira (1º), os ciclistas participaram de um treino de montanha. Acompanhados por Magno Nazaret, Roberto Silva e Breno Sidotti, os jovens saíram de Pindamonhangaba e seguiram até o alto do Pico do Itapeva, que fica a 2.030 metros de altitude, passando pela serra de Campos do Jordão.

A intenção é que mais um grupo passe por este período de treinamento e avaliação junto com a equipe. Destes, alguns deverão ser contratados e estarão junto com grupo principal em 2017.

Treino na serra de Campos do Jordão. (Foto: Luis Claudio Antunes/PortalR3)

Treino na serra de Campos do Jordão. (Foto: Luis Claudio Antunes/PortalR3)

Patrocinadores: Soul Cycles, Funvic e Prefeitura de São José dos Campos

Apoios: Rudy Project, Mauro Ribeiro Sports, Meias Young, Fastcycle, Hidrotabs, Glicofast, Logos Design e Bike76.com

4 comentários

  1. Kawan Gabriel - 2 de dezembro de 2016 16:15

    Top esse projeto

    Responder
  2. Daiane Ap.Xavier de oliveira - 3 de dezembro de 2016 15:18

    Olá! Gostaria de saber como faço pro meu filho participar desse teste.O nome dele é Gustavo Xavier, pesquisem no face,ele é muito bom chama atenção de todos pela desenvoltura no ciclismo,só precisa de oportunidade pra mostrar seu talento.

    Responder
  3. Arnaldo Vasconcellos Pereira (pai) - 4 de dezembro de 2016 1:13

    Tenho meu filho ARLON VASCONCELLOS PEREIRA sem equipe gostaria de enviar seus currículo gostaria que me enviasse uma área de acesso pra enviar seu currículo agradeço atenção e sua compreensão pois correr avulso obrigado.

    Responder
  4. Carlos Alberto Pereira Vasconcellos - 5 de dezembro de 2016 11:06

    Olá,bom dia e que a paz do nosso Senhor Jesus Cristo estejam com vós.Amém.
    O projeto tem como um dos objetivos, descobrir jovens talentos da modalidade. Correto, e vocês“Estão de olho nos jovens que estão despontando pelo Brasil. E aqueles jovens que são “verdadeiros diamantes bruto” que estão no interior do nosso país e por questões financeiras, por não ter equipes,falta de apoio ou outras quaisquer não conseguem participar de provas. Vocês não teria uma forma de avaliar estes atletas, por exemplo através de uma “peneira” onde o atleta iria até vocês trenaria uma semana e seria avaliado igual que é feito em times de futebol afinal o objetivo do projeto é descobrir novos talento, e quantos talentos são desperdiçados por falta de oportunidades em nosso país. Aqui no interior do Rio de Janeiro na cidade de Valença tem um rapaz de 21 anos Tiago de Oliveira Vasconcellos que este ano disputou a Copa Rio de Janeiro que é realizada em 5 etapas, das quais ele participou de 3 delas e sagrou-se campeão com um 1º e dois 2º lugares na categoria sub 30 até ai não parece nada demais,mais o que chama atenção é que ele só trena 2 ou 3 vezes na semana com uma somatória de 100 a 150km quando dar para treinar. Um rapaz desse não teria que ter pelo nenos uma chance para ser avaliado?
    Se fosse possível eu poderia leva-lo para vocês avaliar seu potencial?
    Obrigado.
    Paz do Senhor para todos,amém

    Responder

Deixe um comentário

novo